26, março de 2017
Últimas Notícias
Capa >> Secretarias >> Educação >> Programa Mais Educação: Projeto integrado, arte e inclusão
Programa Mais Educação: Projeto integrado, arte e inclusão

Programa Mais Educação: Projeto integrado, arte e inclusão

Depois de um mês de iniciadas as atividades do Programa Mais Educação nas escolas da Rede Municipal de Tremembé, em 17 de fevereiro, a comunidade e os alunos já podem perceber mudanças no ambiente escolar.

A integração do Programa com o Ensino Regular adaptando os currículos tem sido um grande desafio em diversas esferas do Mais Educação e o município de Tremembé já deu seu primeiro e importante passo. Sob a orientação dos Coordenadores Victor Narezi e Gabriela Gonçalves, os Professores Comunitários, junto com seus Monitores, estão desenvolvendo importantes projetos integrando as diretrizes curriculares de suas escolas.

Cada equipe apresentará os resultados dos projetosno final de 3 meses de trabalho. Exposições, espetáculos de teatro e dança, jornal, obras de artes, festivais artísticos, campeonatos esportivos, curta metragens, recital de poemas são alguns dos resultados programados pelas escolas, todos realizados pelos alunos do Mais Educação.

Os alunos do Programa da escola Maria Amélia do Patrocínio, do bairro Padre Eterno, inauguraram,dia 17 de março, um mural com uma ilustração do Mais Educação realizado pelos alunos da oficina de artesanato.

Sob o comando do professor comunitário Felipe Zanquetta e do diretor Germano Rivera, o artista plástico e monitor do Programa Valdir Rodrigo e os alunos do Programa, usando a técnica do grafite, puderam vivenciar,experimentar e se divertir com a realização da obra. Além de toda equipe da escolaestiveram presentes no evento a Secretária de Educação, Cristiana Mercadante Esper Berthoud, os Coordenadores do Programa, Gabriela e Victor, a coordenadora técnica da Secretaria de Educação, Angelina Leite, pessoas da comunidade, como seu Zé do bar, um parceiro do Programa na escola, mães de alunos, monitores e os alunos,os grandes autores desse projeto.

Na escola Maria Dulce o que tem merecido todo destaque é o importante trabalho do Programa com os alunos surdos.O Professor Comunitário responsável pela escola é Danilo Barbosa e tem colaborado muito para que essa inclusão aconteça.

No Programa, os alunos tem apresentado ótimos resultados e, tanto os monitores das atividades quanto a professora regente da turma, Michelle Moreira, estão entusiasmados e felizes.Sob a coordenação da professora Daniela Renó,o trabalho de inclusão em Tremembé tem recebido elogios e prêmios pelo país.

“É muito bom ver os alunos surdos fazendo aulas de xadrez, cineclube, judô e rádio, junto com os alunos ouvintes, porém o que tem emocionado a todos envolvidos no Programa é a participação deles nas aulas de banda e fanfarra, eles estão gostando muito e contagiando os outros alunos da escola e a inclusão tem acontecido efetivamente” conta Daniela Renó.

A Secretária de Educação,Cristiana Berthoud,diz estar muito satisfeita com o andamento do Programa e acredita queos trabalhos já estão refletindo na Educação de Tremembé. “O sonho de ver a família e a comunidade dentro da escola participando das atividades, integradas com o trabalho realizado, vem se concretizando pelo Mais Educação. É muito importante esse novo olhar sobre a Educação de nossas crianças e jovens.”

Importante lembrar que ainda existem vagas em algumas escolas e que os pais podem visitar o Programa e matricular seus filhos.

image2 image3